bell hooks, influente ativista e escritora feminista, morre aos 69 anos de idade


bell hooks
Foto: Wikimedia Commons

 

Morreu aos 69 anos de idade, nesta quarta-feira (15), bell hooks, escritora e ativista americana.

O comunicado de sua família diz: “A autora, professora, crítica e feminista fez sua transição cedo, de casa, rodeada de familiares e amigos” (via G1). Ainda de acordo com sua sobrinha, Ebony Motley, bell estava doente e na presença de amigos e familiares quando faleceu.

Ao longo da carreira, ela escreveu mais de 40 livros, publicados em 15 idiomas diferentes, sobre temas como feminismo, racismo, cultura, política, papéis de gênero, amor e espiritualidade.

bell hooks

Nascida Gloria Jean Watkins em setembro de 1952, no estado americano de Kentucky, a autora publicou seu primeiro livro de poemas em 1978, chamado And There We Wept.

Em seu catálogo, bell se consagrou com títulos como Olhares negros: raça e representação, Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade e O feminismo é para todo mundo.

Ela foi, inclusive, citada em duas músicas diferentes do rapper brasileiro Djonga, como lembrou a Genius Brasil em postagem homenageando a autora. Você pode conferir a publicação logo abaixo.

Que descanse em paz!

 





Source link

Related Articles

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,434SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles