Brasil passa a registrar fechamento de vagas de empregos formais em 2020 após nova revisão de dados


Mais de 190 mil vagas teriam sido fechadas no país; mesmo após outra revisão ocorrida em novembro, saldo ainda era positivo

Arquivo/Agência Brasil Saldo positivo já havia sido cortado pela metade em novembro, e agora passou a ficar negativo

O Ministério do Trabalho e Previdência revisou mais uma vez nesta terça, 30, os dados de geração de empregos com carteira assinada em 2020, e passou a indicar que mais vagas foram fechadas do que abertas no ano passado, ao contrário do que havia sido divulgado inicialmente. Agora, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) aponta que 191.502 empregos formais deixaram de existir no Brasil em 2020. Na primeira divulgação, em janeiro, o governo informou que 142.690 empregos haviam sido criados; após primeira revisão em 3 de novembro, o número havia caído para 75.883, mas ainda era positivo.

“Destaca-se que revisões de bases de dados são naturais, ainda mais em contextos de transição ou de situações atípicas como a de uma pandemia, sendo realizadas por diversos órgãos e institutos de estatísticas no mundo todo”, afirmou o Ministério, em nota técnica. Segundo a pasta, as atualizações ocorreram a partir de três coisas: declarações fora do prazo das empresas, majoritariamente pertencentes ao Simples, do eSocial a partir de maio de 2021; exclusões de informações de admissões e demissões que possam ter sido reportadas equivocadamente pelas empresas; e adequação na consolidação dos dados do eSocial com as declarações feitas no sistema do Caged.





Source link

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,138SeguidoresSeguir
19,100InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles