Casa de espetáculos Tropical Butantã fecha as portas em São Paulo


Show do Amon Amarth no Tropical Butantã
Foto por Leandro Anhelli

Menos um espaço para a cultura no Brasil.

O Tropical Butantã, uma das principais casas de shows de São Paulo, anunciou que está encerrando suas atividades em função da venda do terreno para uma incorporadora.

Apesar da pandemia, a administração zelava pelo local e até então mantinha todos os cuidados necessários para preservar a casa. Em nota, o produtor Julio Viseu relembrou a trajetória do espaço cultural que funcionava desde Fevereiro de 2016:

Vivemos muitos bons e lindos momentos durante estes últimos seis anos em atividade. Recebemos grandes artistas dos mais diversos lugares do Brasil e do Mundo, e temos orgulho em termos criado um espaço democrático e aberto para todas as culturas e segmentos musicais. Foi gratificante vermos o crescimento rápido da nossa casa em uma cidade repleta de atrações como São Paulo, mas, infelizmente, hoje apagamos todas as luzes. Tentamos ao máximo dialogar e negociar com os sócios do terreno, mas eles já tinham feito a decisão. Agradecemos a todos os nossos colaboradores e também às empresas e produtoras que confiaram e seguiram conosco nessa jornada até aqui. Agora, seguiremos um novo futuro, em uma nova casa que será anunciada em breve.

Tropical Butantã recebeu shows de AURORA a Suicidal Tendencies

O Tropical Butantã tinha diversos compromissos agendados já para os primeiros meses de 2022 e realizou mais de mil apresentações em sua história.

A estreia quase seis anos atrás foi com os americanos do The Winery Dogs, tendo como abertura a banda SOTO, liderada pelo vocalista Jeff Scott Soto.

Entre os outros nomes internacionais recebidos em seu palco, estão Nick Carter (Backstreet Boys), AURORA, Scott Stapp (Creed), Garbage, Azealia Banks, Bullet For My Valentine, Living Colour, Epica, Amon Amarth, Behemoth, The Jesus and Mary Chain, Orishas, Black Label Society, Saxon, Boyce Avenue, L7, Glenn Hughes, Primal Scream, Dropkick Murphys, POD, Millencollin, Suicidal Tendencies e Papa Roach.

No âmbito nacional, passaram pelo local artistas como Leonardo, Zé Neto & Cristiano, Os Mutantes, Linn da Quebrada, Max & Iggor Cavalera, Krisiun, Ratos de Porão, Angra, Matanza, Mahmundi, Rincon Sapiência, Terno Rei, CPM 22, Dead Fish, Boogarins e Far From Alaska.

Com capacidade para 3 mil pessoas, o Tropical Butantã ficava localizado na região oeste da capital paulista, abrigando eventos dos mais diversos segmentos musicais e reforçando a pluralidade da cena brasileira.

Uma pena!

LEIA TAMBÉM: De surpresa, Green Day se apresenta só para vacinados em pequena casa de shows

 





Source link

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,126SeguidoresSeguir
19,100InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles