Comércio deve crescer 5% em dezembro com 13º salário e Natal em São Paulo, aponta Fecomércio


Segundo a instituição, R$ 34 bilhões vão ser injetados na economia do Estado com a parcela extra de salário, dos quais R$ 9,5 bilhões devem ser destinados às compras de final de ano

Valter Campanato/Agência BrasilCompras de Natal devem injetar R$ 9,5 bilhões no comércio paulista

O varejo espera crescer 5% em dezembro com o 13º salário nas compras de Natal. A projeção da Fecomércio-SP leva em conta a liberação das atividades econômicas na pandemia da Covid-19 e a expectativa de uma injeção maior de recursos, explica o assessor econômico da entidade, Guilherme Dietze. “Levando em consideração da injeção do 13º salário, que deve ter um aumento de 54%, em torno de R$ 34 bilhões para a economia do Estado de São Paulo, sendo que desse montante, R$ 9,5 bilhões devem ser destinados às compras. Então, temos um volume maior de pessoas que ingressaram no mercado de trabalho ao longo desse ano, emprego formal, então, mesmo de forma de proporcional vão receber o 13º salário, que acaba sendo combustível importante para gerar crescimento de vendas no final do ano”, afirma. O vestuário deve ter o melhor desempenho, com alta de 28% sobre o ano passado. Mas a Fecomércio-SP avalia que a maioria dos brasileiros irá utilizar a parcela extra de salário para pagar dívidas, ajustar orçamento e até poupar diante do atual cenário econômico desafiador, sem expectativas de mudanças a curto prazo.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos





Source link

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,116SeguidoresSeguir
19,000InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles