Da infância humilde à TV: a trajetória da modelo e apresentadora Gabi Levinnt – Música


A modelo e apresentadora Gabi Levinnt, 32 anos, participou da 6 live do Trilha do Nosso Jeito realizada na quinta (2), às 21h20, no Facebook, Instagram e YouTube da Record TV. Em entrevista exclusiva, ela falou sobre sua vida pessoal e carreira.

Do Jardim Ângela para a TV
Sou cria da favela. Nasci e fui criada no Jardim  ngela (zona sul de SP). Minha família era muito simples. Meus pais nunca tiveram muita coisa a oferecer financeiramente e estruturalmente também.

Fui crescendo e meus sonhos e vontade de ter uma vida melhor também. Meu primeiro emprego foi entregar panfleto no farol com 14 anos. Depois, fui recepcionista e promotora de eventos. Com 19 e 20 anos passei a frequentar testes de agências para televisão até conseguir realizar minha primeira gravação para o programa Legendários.

Daqui, as portas foram se abrindo aos poucos. Passei pelo canal Multishow, RecordTV, Rede Brasil, RedeTV e Band, mas o que realmente me deu destaque foi o Programa Pânico e, na sequência, como apresentadora do TopGame.

Como Gabi Levinnt venceu na vida
1 – Perseverança, muita vontade de vencer e acreditar naquilo que eu queria. Mudar minha forma de pensar ajudou 80% do caminho.
2 – Deixar hábitos pessimistas sabotadores também foi um grande marco, é exatamente onde se separa o joio do trigo.
3 – Tirar muita pessoa do meu caminho. Excluir amizades que não me agregavam em nada, frequentar lugares onde eu queria estar, parar de dar ouvidos a pessoas
4 – Não contar seus passos para ninguém. Infelizmente você nunca terá certeza se algumas pessoas realmente querem seu sucesso. Então, melhor não contar com elas e nem contar a elas seus passos e sonhos até que se realizem.
5 – Entender que dar errado muitas vezes faz parte, e vai dar errado várias vezes até dar certo. O importante é não desistir. Foca no que você quer e coloque a mão na massa

Momento atual
Estou cursando arquitetura e urbanismo, além de ter um pequeno negócio de vendas online.

Recentemente você falou sobre assédio sexual que sofreu na época de modelo. Quais os alertas que você dá para as meninas que estão iniciando carreira ou já atuam na profissão?
Infelizmente vivemos em uma cultura machista onde a mulher ainda é tratada como inferior e como objeto sexual para a maioria dos grandes líderes. Vencer esse obstáculo exige pulso firme e talento. Seja a melhor profissional, que assim você voltará os olhos das pessoas para o seu trabalho e não para o seu corpo.

Também não se sinta mal ao dizer não às situações de abuso. Alí não é o seu lugar e também não será onde crescerá como profissional. Vire as costas e bata em outras portas, pois existem oportunidades de respeito. Mantenha sua dignidade e caráter acima de tudo, e não deixe de estudar.

Hobbies
Gosto de ficar em casa reformando algo, redecorando as coisas, pintando, lendo um bom livro, customizando roupas e tomando um vinho com amigas em casa.

Planos para o futuro
Me formar como arquiteta, abrir o próprio escritório e expandir meus horizontes profissionais na área de empreendedora. Quem sabe depois de formada eu tenha meu programa de TV sobre reformas de casas de maneira simples e barata.



Source link

Related Articles

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,328SeguidoresSeguir
19,600InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles