Datafolha: Alckmin, Haddad e França lideram corrida pelo governo de São Paulo


Cenários simulados reforçam importância da articulação para que o ex-governador, que deixou o PSDB, seja o candidato a vice-presidente na chapa do ex-presidente Lula

Governo de São Paulo/Partido dos Trabalhadores/Estadão ConteúdoPesquisa ouviu 2.034 eleitores de 13 a 16 de dezembro, em 70 municípios; margem de erro é de dois pontos percentuais

O ex-governador Geraldo Alckmin, que deixou o PSDB nesta semana, lidera a corrida pelo governo de São Paulo em 2022, com 28% das intenções de voto. É o que aponta a pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, 18, pelo site do jornal Folha de S. Paulo. Com 19%, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) aparece numericamente na segunda colocação. Na terceira posição aparece o ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB), com 13%. O levantamento do instituto também reforça a importância da articulação para que Alckmin seja o candidato a vice-presidente na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Sem o ex-tucano, Haddad lidera com 28% das intenções de voto. Em um terceiro cenário, sem Alckmin e o petista, França também chega aos 28% e é seguido por Guilherme Boulos (PSOL), com 18%.

No cenário em que Alckmin aparece como candidato ao Palácio dos Bandeirantes, o ex-tucano tem 28%. Fernando Haddad, 19%; Márcio França, 13%; Guilherme Boulos (PSOL), 10%; Tarcísio de Freitas, atualmente sem partido e candidato do presidente Jair Bolsonaro, 5%; Arthur do Val (Patriota), 2%; Abraham Weintraub, ex-ministro da Educação e sem partido, 1%; Vinicius Poit (Novo), 1%. Brancos e nulos somam 16%. Outros 4% não souberam opinar. Nesta simulação, não está incluído o nome do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB). Quando o levantamento começou a ser feito, Alckmin ainda estava filiado ao PSDB – o instituto não opõe nomes da mesma sigla.

Na segunda situação, com Garcia e sem Alckmin, Haddad lidera com 28% das intenções de voto. Márcio França tem 19%; Boulos, 11%; Tarcísio, 7%; Rodrigo Garcia, 6%; Arthur do Val, 3%; Abraham Weintraub, 1%; Vinicius Poit, 1%. Brancos e nulos somam 21%; 4% não opinaram. A pesquisa também incluiu um terceiro cenário, no qual o ex-tucano e o petista deixam a corrida. Nesta simulação, Márcio França chega aos 28%. Na segunda posição aparece Guilherme Boulos, com 18%. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, tem 9%; Rodrigo Garcia, Rodrigo Garcia, 8%; Arthur do Val, 4%; Abraham Weintraub, 2%; Vinicius Poit, 1%. Brancos e nulos são 25%, e 5% não responderam. O Datafolha ouviu 2.034 eleitores entre 13 e 16 de dezembro, em 70 municípios do Estado de São Paulo. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.





Source link

Related Articles

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,430SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles