Governo dos Estados Unidos vai suspender restrições de viagens a países africanos


Proibição vai acabar no dia 31 de dezembro; governo Biden foi criticado por restringir apenas nações da África enquanto a variante se espalha por todo o mundo

EFE/EPA/Al Drago / POOLBiden foi criticado por restringir apenas países africanos para conter a Ômicron

O governo dos Estados Unidos suspenderá em 31 de dezembro as restrições de viagens impostas a oito países africanos para frear a propagação da variante Ômicron do coronavírus. Atualmente os viajantes procedentes da África do Sul, Botsuana, Zimbábue, Namíbia, Lesoto, Eswatini (antes Suazilândia), Moçambique e Malauí estão proibidos de entrar em território americano. “As restrições nos deram tempo para entender a Ômicron e sabemos que as vacinas existentes funcionam contra ela, especialmente a dose de reforço”, afirmou Kevin Munoz, secretário assistente de imprensa da Casa Branca, no Twitter.

Ele confirmou que a proibição de viagens será suspensa em 31 de dezembro. Um alto funcionário da Casa Branca acrescentou que, com a Ômicron presente nos Estados Unidos e ao redor do mundo, os viajantes procedentes dos oito países afetados não terão um impacto significativo nos casos em território americano. O governo do presidente Joe Biden foi muito criticado por ter imposto e persistido nas restrições de viagens que afetam apenas o sul da África, apesar de a nova variante do coronavírus se propagar com velocidade por todo o mundo.

*Com informações da AFP





Source link

Related Articles

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,430SeguidoresSeguir
20,000InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles