‘Legado da diplomacia da administração Trump volta à estaca zero’, afirma Ana Paula Henkel


Casa Branca anunciou que vai impor sanções pessoais ao presidente da Rússia; programa Os Pingos Nos Is analisou a decisão

EFE/EPA/US PRESIDENT DONALD J TRUMP TWITTEREx-presidente dos Estados Unidos Donald Trump

A Casa Branca anunciou nesta sexta-feira, 26, que vai impor sanções pessoais ao presidente da Rússia, Vladimir Putin. Em comunicado, o presidente Joe Biden disse que o país falhou em tentar separar a Otan e que vai proteger cada pedaço dos países membros. Durante a tarde desta sexta, por meio de suas redes sociais, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, agradeceu as novas ações que foram anunciadas pelos Estados Unidos. “Sanções duras, assistências de defesa concretas e uma coligação antiguerra foram discutidas com o presidente Joe Biden. Grato aos Estados Unidos pelo forte suporte à Ucrânia.”

Durante sua participação no programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan News, a comentarista Ana Paula Henkel comparou a postura de Biden a administração de Donald Trump. “Até onde Vladimir Putin vai chegar? Ele é um grande ponto de interrogação. Ele nunca deixou de ser um ponto de interrogação, mas, na administração Trump, por mais que a narrativa da imprensa fosse de que ele  iniciaria a Terceira Guerra Mundial, foi um governo muito diplomático. O legado da diplomacia da administração Trump volta à estaca zero”, analisou. “Não tem como não comparar porque foi uma guinada de 180 graus. Por mais turrão que fosse, por mais que colocasse seus tweets malcriados, arrumasse algumas brigas desnecessárias, Trump colocava os pingos nos is, no sentido de demonstrar a ineficiência de instituições como a ONU”, concluiu. 

Assista ao programa Os Pingos Nos Is desta sexta-feira, 25: 





Source link

Related Articles

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,326SeguidoresSeguir
19,600InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles