Michael Nesmith, guitarrista do The Monkees, morre aos 78 anos


Foto: Reprodução/Facebook

Michael Nesmith, guitarrista, vocalista e compositor do The Monkees, morreu aos 78 anos, nessa sexta-feira (10), em Carmel Valley, Califórnia. Segundo comunicado da família, o artista “faleceu em sua casa, rodeado de familiares, em paz e de causas naturais”.

O antigo companheiro de grupo, Micky Dolenz, disse que estava “de coração partido” por ter “perdido um amigo querido e parceiro”. “Sou muito grato por termos passado os últimos meses juntos, fazendo o que mais amávamos”, escreveu nas redes sociais.

Nesmith e Dolenz estiveram em turnê até no mês passado, a qual marcou a despedida do The Monkees. “Compartilhamos muitas viagens e projetos juntos ao longo de 30 anos, que culminou em uma turnê de despedida dos Monkees que terminou apenas algumas semanas atrás”, declarou o empresário da banda, Andrew Sandoval.

Ele continuou: “Aquela turnê foi uma verdadeira bênção para muitos. E no final eu sei que Michael estava em paz com seu legado que incluía composição, produção, atuação, direção e tantas idéias e conceitos inovadores. Tenho certeza de que o brilho que ele capturou ressoará e oferecerá o amor e a luz pelos quais ele sempre se moveu”.

Formado originalmente por Micky Dolenz (voz e bateria), Peter Tork (baixo, teclado e voz, morto em 2019), Michael Nesmith (voz e guitarra) e Davy Jones (voz, morto em 2012), The Monkees foi criado para uma série de TV, que foi exibida nos Estados Unidos entre 1966 e 1968.

O grupo explodiu em popularidade chegando a ser concorrente direto dos Beatles e dos Rolling Stones. Eles alcançaram o topo da parada norte-americana com os sucessos “Last Train to Clarksville,” “I’m a Believer” e “Daydream Believer”.

Os Monkees se separaram em 1971, mas ainda fizeram diversas turnês de reunião e lançaram novos álbuns ao longo dos anos.





Source link

Related Articles

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,377SeguidoresSeguir
19,800InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles