Réveillon em Copacabana tem registro de arrastões e esfaqueamentos


Pelo menos dois jovens foram atendidos com ferimentos de armas brancas em postos montados pela Secretaria de Saúde da capital

André Dutra/Prefeitura do Rio de JaneiroRéveillon de Copacabana foi marcado por movimentação intensa

Mesmo com o cancelamento de shows por parte da prefeitura do Rio de Janeiro por causa da pandemia da Covid-19, a queima de fogos em Copacabana na madrugada deste sábado, 1º, foi marcada por grande movimento de pessoas e casos de violência urbana, com arrastões e pessoas esfaqueadas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde da capital fluminense, 111 pessoas foram atendidas entre as 17h30 do dia 31 e 3h30 do dia 1º em postos médicos montados pela prefeitura. Desses atendimentos, 11 casos foram considerados graves e precisaram de encaminhamento para hospitais, entre eles estavam dois homens jovens que tinham sido esfaqueados. Segundo a polícia, pelo menos dois homens foram presos em Copacabana por porte de arma e roubo.





Source link

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

22,952FãsCurtir
3,126SeguidoresSeguir
19,100InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles